Imprensa

Um casal de antigos sem-abrigo receberam um convidado especial para almoçar: Marcelo Rebelo de Sousa. No Bairro da Horta Nova, em Lisboa, houve ainda correria com crianças.

Paulo e Filipa, um casal de antigos sem-abrigo, receberam esta sexta-feira um convidado especial para almoçar, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, empenhado em “ter um Portugal mais justo” e apoiar os que estão “na margem da sociedade”.

De fato e gravata – azul clara, tal como Marcelo costuma usar – Paulo, juntamente com a mulher Filipa, recebeu o Presidente da República à porta do prédio que, no quarto andar, acolhe a casa onde agora habita em Lisboa, depois de 27 anos a viver na rua.

Paulo e Filipa já estão habituados às lides presidenciais. Quando casaram, na comunidade Vida e Paz, o antigo chefe de Estado Cavaco Silva foi o padrinho do matrimónio.

Empadão de atum, pudim – pouco doce, como deve ser, segundo Marcelo – vinho branco e sumo de laranja compuseram a ementa de um almoço “óptimo e espectacular” nas palavras do Presidente da República, que retribuiu o convite que lhe havia sido feito na Festa de Natal da Comunidade Vida e Paz e vai abrir as portas de sua casa, “que é mais íntima” do que o Palácio de Belém, para Paulo e Filipa irem almoçar.

Mas o “menu” que o Presidente da República quis servir aos jornalistas foi bem diferente. “Nós precisamos de ter um Portugal mais justo. Não é só criar mais riqueza – é muito importante -, mas é preciso puxar por aqueles que estão na margem da sociedade”, disse.

Marcelo Rebelo de Sousa quer que o plano nacional de apoio aos sem-abrigo seja executado e vai receber “na próxima semana a Comunidade Vida e Paz, que tem um documento para apresentar sobre essa matéria”…

Fotografia: Migual A. Lopes/ LUSA

 

In: http://rr.sapo.pt/especial/75193/paulo_pos_a_gravata_azul_como_a_do_presidente_para_almocar_com_o_amigo_marcelo?utm_medium=rss